Um pouco sobre mim

Minha foto

Tendo exercido atividades nas áreas de Administração de Bens, jornalismo, marketing, agricultura e mineração. Atualmente se dedica a produção de livros, tendo traduzido para o idioma português as obras: "Os Deuses Atômicos", "O Irmão Branco", "Fraternidade" e "AUM". É de sua autoria "O Livro da Lei para o Povo Suplicante". Pratica Astrologia Esotérica, ocultismo e exerce atividades como: escritor, palestrante e atividades sociais.

Idiomas

English French German Spain Italian Dutch Russian Hindi Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Um pouco sobre o Blog ...

Este Blog abrange todo o nosso aprendizado nestes 54 anos de estudos onde percorremos as escolas compreendidas pelo espiritismo, cristianismo, teosofia, budismo, zen-budismo, hinduísmo, rosa-crucianismo e gnose, não descurando da astrologia, astronomia e todas as ciências físicas com suas derivações.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

O LIVRO DA LEI PARA O POVO SUPLICANTE




Em minha jornada como modesto escritor nesta existência de 82 primaveras reputo O LIVRO DA LEI PARA O POVO SUPLICANTE como a obra de maior envergadura que entrego de boa mente para o verdadeiro buscador da verdade, em primeiro lugar porque ela me permitiu quebrar vários tabus em termos de desvendamento do simbolismo mágico esotérico e, ao mesmo tempo, possibilitou arregimentar informações que jamais poderiam ser encontradas nos livros hoje existentes abordando ocultismo. Poderia parecer, de nossa parte, um pouco de envaidecimento, porém considero, com sinceridade minha colaboração no conteúdo do livro mais como canal de inteligências maiores do que propriamente meu exclusivo saber, pois vários acontecimentos se sucederam durante a escrita do livro que não deixaram dúvidas sobre a presença de Instrutores maiores orientando-me e colocando em minhas mãos o material que enriquece este trabalho.
Como a procura do mesmo para pesquisa tem sido constante e sua preparação para postagem em meu Blog exigiu nova formatação e desejando atender Ao Povo Suplicante o mais breve possível, resolvi colocá-lo em etapas, acontecendo a primeira nesta data.
Sirvam-se a vontade e fico esperando os comentários e as perguntas.

Panyatara



Para ler o Livro clique na barra lateral do blog “Livros Digitais para Download:" com a opção de baixar em PDF para o seu computador.

33 comentários:

  1. ola prof.jayr, pra começar os estudos desse livro é recomendavel o livro da lei antes?

    ResponderExcluir
  2. O LIVRO DA LEI DE CROWLEY É CONSTITUIDO DOS VERSÍCULOS ANALISADOS POR MIM. SE VOCÊ COPIAR SOMENTE OS VERSÍCULOS, SEM A MINHA ANÁLISE E IMPRIMIR TERÁ O LIVRO DA LEI NA ÍNTEGRA.
    NOSSA IRMÃ FRANCISCA PODE E DEVE TAMBÉM SER CONSULTADA, POIS É UMA ESTUDANTE ABALIZADA DO MEU TRABALHO, PORÉM SUAS PERGUNTAS SEMPRE SERÃO BEM-VINDAS.
    BOA SORTE!
    JAYR MIRANDA

    ResponderExcluir
  3. É um passo muito importante este que o senhor deu! Muitas pessoas poderão se beneficiar destes ensinamentos! Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gilberto:
      Sua apreciação para mim é muito valiosa, pois entre aqueles que conheci e procuram com seriedade você tem sido um dos mais sinceros e inteligentes. Eu é que agradeço por estar consultando meu Blog. Acredito que ainda possa colocar muita coisa interessante nele. Meu abraço fraterno.
      Jayr Miranda

      Excluir
  4. Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei.

    Assim nos alerta o Profeta sobre atitudes como a deste senhor que pretendem explorar e ensinar sobre o que seja o Livro da Lei.

    "O estudo deste Livro (O Livro da Lei) é proibido. É sábio destruir esta cópia após a primeira leitura.
    Quem não presta atenção a isto incorre em perigo e risco pessoais. Estes são dos mais
    pavorosos.
    Aqueles que discutem o conteúdo deste Livro devem ser evitados por todos, como focos de
    pestilência.
    Todas as questões da Lei devem ser decididas apenas por apelo aos meus escritos, cada qual por
    si mesmo."

    Amor é a lei, amor sob vontade.

    http://www.astrumargentum.org/arquivos/ht/ensaios/thor_8.htm

    ResponderExcluir
  5. Olá “Anônimo”!
    Vale uma resposta para você com todo o respeito ao seu pensamento livre!
    Crowley (NASCIDO em Libra, com Ascendente em Leão e Meio-do-Céu em Áries= Carneiro) em seu livro “Magia en teoria e Practica” deixa claro o seguinte: “Sou leão e não gosto de cordeiros atrás de mim” tripudiando sobre os que aceitariam suas palavras ipsis literis sem analisá-las devidamente. O fanatismo religioso sempre produziu vítimas e estas vítimas sempre foram aqueles que tiveram a coragem de pensar livremente. Posso adiantar ao senhor Anônimo que consegui, em meu aprendizado, um estado de mágico de consciência que acredito jamais conseguirá ingerindo os “bolos de luz” feitos com Sêmen e sangue menstrual. A vida é um processo de conquistas pessoais internas e não permite a derrogação das leis da Natureza. “Faz o que tu queres é tudo da Lei, porém atenta bem nisto: terás de dar conta de todos os teus atos; esta é a única Lei” – isto não é meu; é de Arnold Krumm Heller, cujo nome iniciático era HUIRACOCHA, mago e adepto de A. Crowley, com muita mais “cancha” de conhecimento mágico que você. Fundou uma Fraternidade Rosa-Cruz que já completou 79 anos e, excluindo a Maçonaria, não existe uma organização ritualística no Brasil com tanto tempo de existência e isto acontece, com certeza por causa de seus sólidos fundamentos.
    Crowley, ainda em seu livro “Magia em teoria y prática” (fls.91), diz textualmente, inclusive negritado: “O Mago não pode utilizar a Espada se não tem a Coroa sobre sua cabeça”. Entretanto, a maioria (acredito que nem todos) de seus adeptos ainda não desenvolveu seu chacra coronário (Coroa: Sahasrara é o sétimo e o mais importante dos chacras, situa-se no alto da cabeça e relaciona-se com o padrão energético global da pessoa) e usam a “Espada” (em linguagem esotérica o falo) sem a menor prudência. Finalizando (e gostaria que realmente fosse um final!) quero agradecer por estar consultando meu Blog, que somente procura prestar serviço, dentro de minha ótica pessoal, aqueles que buscam sua superação humana. Meu estado de consciência é tranqüilo e saturado de amor aos meus semelhantes. AMOR É A LEI, AMOR SOB VONTADE!
    Panyatara

    ResponderExcluir
  6. Não esperava menos da "oposição"!!! Logo se manifestaram! Porém este trabalho não será apagado...

    Ps: À propósito, ficaria encantado em saber a identidade do "thelemita" em questão...

    ResponderExcluir
  7. incrivel como as ciências ocultas geram tantos "crentes".

    ResponderExcluir
  8. Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei.

    Não me espanta que uma resposta deste nível seja dada contra uma colocação absolutamente pertinente como foi a minha. O ataque pessoal, e neste caso o seu ataque a minha pseudo imaturidade, é a primeira arma usada pelos ignorantes quando confrontados. Longe de mim ficar aqui tentando ensinar vossa-senhoria-do-supremo-conhecimento-oculto sobre como deves agir, mas não obstante, digo-lhe que o mínimo que se espera de um senhor com toda sua bagagem intelecto-psico-sideral-espiritual-terrena, seja humildade. E aqui, quando me refiro a humildade, não me refiro a humildade hipócrita e demagoga, típica daqueles que se consideram iluminados de nascença e escolhidos pelos mestres sabe-se lá de onde, e de quem, para trazer a paz ao mundo, pois esta o senhor pelo visto tem. Mas sim, me refiro a humildade do pensamento crítico-filosófico, que nos impulsiona a analisar nossas próprias atitudes de maneira desprendida do falso ego, de maneira científica por assim dizer.
    Não despenderei meu tempo aqui tentando explanar pela minha visão sobre em quantos pontos absurdos e prepotentes o senhor incorre ao publicar este tal livro, pois afinal de contas isto já foi feito por um Thelemita de verdade. Mas sim, repetirei aqui apenas as palavras daquele que é o Magus deste Aeon, e que nos trouxe o Verbo para a Nova Era:

    "O estudo deste Livro é proibido. É sábio destruir esta cópia após a primeira leitura."
    O senhor consegue entender o que significa a frase acima? Creio que não, mas vamos continuar.

    "Quem não presta atenção a isto incorre em perigo e risco pessoais. Estes são dos mais pavorosos."
    Ou seja, de fato, o problema é seu.

    "Aqueles que discutem o conteúdo deste Livro devem ser evitados por todos, como focos de
    pestilência."
    Atenhamo-nos a esta partícula; "...foco de pestilência..." e vejamos o que significa a palavra "peste":
    1 Med Doença contagiosa, epidêmica, muitas vezes mortal. 2 Epidemia que acarreta grande mortandade. 3 Tudo o que corrompe física e moralmente. 4 Coisa funesta ou perniciosa. 5 Pessoa má ou rabugenta. 6 Excesso de qualquer coisa prejudicial ou danosa. 7 Fedor, mau cheiro.
    Qualquer relação não é mera coincidência...mas ainda bem que sou vacinado!

    "Todas as questões da Lei devem ser decididas apenas por apelo aos meus escritos, cada qual por
    si mesmo."
    Todas as questões da Lei devem ser decididas por apelo aos escritos de To Mega Therion 666, CADA QUAL POR SI. Não há em qualquer liber thelêmico qualquer resquício indicador em contradição a isso, ou seja, mesmo que o senhor descontextualize frases ditas por Crowley, NENHUMA delas embasa o argumento de que o Livro da Lei deva ser explicado. O senhor apenas expressa sua infantilidade ao pressupor que possues o direito de dogmatizar Thelema. Se és incapaz de compreender isso, lhe sugiro que monte uma igreja, e ao invés de ingerir bolos de luz (como pelo visto, algo que lhe parece ultrajante), coma o corpo e beba o sangue de um deus morto...pois o canibalismo talvez lhe sirva melhor, já que estás disposto a tragar os outros para sua órbita.

    Post Scriptum.: Faça o favor de guardar suas aulinhas de introdução ao esoterismo básico, com seus Huiracochas e FRA's, para seus lacaios que se manifestaram aqui nesta discussão. Cuide do seu Muladhara que eu cuido do meu.

    "Nós não temos nada com o proscrito e o desajustado: que eles morram em sua miséria. Pois eles não sentem. A compaixão é o vício dos reis: pisai sobre o miserável & o fraco: esta é a lei do forte: esta é a nossa lei e a alegria do mundo." II:21

    Amor é a lei, amor sob vontade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a resposta dada acima pelo Jayr serve, também, para esse comentário.

      Não sou da FRA, mas agradeço IMENSAMENTE ao Jayr por disponibilizar esse livro e peço que, por favor, continue seu ótimo trabalho

      Excluir
  9. Gostaria que o anônimo expusesse conceitualmente suas críticas àqueles pontos da obra em questão.

    Chamar o Jayr de fedido, cabeça de mamão, cocô-xixi, etc. não constrói. Só destrói a credibilidade (tua e do grupo a que tu pertences). Pior que o link em questão levanta até uns comentários interessantes...

    No mais,

    MUITO OBRIGADO, JAYR!

    Você já havia contribuído com a formulação do conhecimento.
    E - se já não bastasse - continua sua contribuição, agora com a melhor acessibilidade a esse conhecimento.

    Obrigado. De coração.

    ResponderExcluir
  10. Agradeço também Jayr de coração por essa OBRA comentada por você! Sou mais uma privilegiada pelo ensinamento e por sua sabedoria. Muitas pessoas irão se beneficiar com esses ensinamentos, com essa raridade comentada por você! Parabéns!

    Não é qualquer um que vai compreender o que você escreveu.

    Seus ensinamentos contidos na Obra faz com que mudemos nossas ATITUDES, nossa VIDA, somos direcionados para uma nova TRANSFORMAÇÃO. É assim que compreendo!


    Fecho meu agradecimento e entendimento com este versículo.

    "O tolo lê este Livro da Lei, e seu comentário; não o entende."

    O tolo (é representado na carta 22 do Tarô) toma conhecimento do Livro da Lei, de seus comentários, mas não se interessa pelos mesmos porque não o entende. Sua mente ainda está envolvida pelas ilusões da matéria e procura diversão (O mundo – Carta 21 do Tarô) em vez de responsabilidade. O tolo ou ingênuo é o homem comum, que ainda não despertou ...


    "Amor à beleza e amor por amor!"

    "Amor é a lei, amor sob vontade."

    Meu abraço!

    ResponderExcluir
  11. Olá, não consigo abrir o arquivo em PDF. Aparece que o arquivo é privado. Ontem comecei a ler e não houve problema algum, hoje pretendia terminar a leitura, porém nem aqui nem no Site do Deldebbio (onde encontrei o primeiro link)está disponível. Fico no aguardo. Agradecido pela atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá o arquivo em PDF está normal, acabei de verificar. Estou inserindo ainda hoje o livro completo para baixar também em PDF. Qualquer dificuldade pode entrar em contato.

      Meu abraço.

      Excluir
    2. Consegui baixar o arquivo, muito agradecido .

      Excluir
  12. Sr. Jayr. Em primeiro lugar, muito obrigado pela oportunidade de ter acesso a esta primeira parte do livro. Deixei um comentário no site deldebbio.com.br. Sobre o livro: observei que no quinto parágrafo do comentário do versículo 61 é mencionada: “uma clara descrição do caminho 31 (Malkuth a Yesod)”. Não seria o caminho 32, como está, também, frisado na observação 65 dá página 79? Desde já agradeço a prestimosa atenção. Por favor, não veja isto como uma crítica. Estou tentando entender o caminho da Senda Espiritual, e eu considero que no caminho temos algo para observar e questionar expontâneamente ou não. Se merecedor for, aguardo pelos demais capítulos, que acredito serão tão esclarecedores quando o primeiro. Êxito para todos. Henrique.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pequena correção: onde está escrito "quando o primeiro", por favor considere: "quanto o primeiro"

      Excluir
    2. Prezado Henrique:
      Em relação a sua pergunta sobre o meu comentário do versículo 61 do primeiro capítulo do Líber Legis quero informa que já tinha respondido anteriormente a você, mas apesar de ter clicado para publicar, minha resposta parece que não chegou ao seu conhecimento. O caminho realmente é o 31 e vai de Malkuth até Hod e não a Yesod como foi digitado erradamente. Na verdade o mesmo contém um convite da Mãe Natureza para que ele penetre o céu estrelado no deserto e queime a energia dela (energia sexual) com um coração puro e dentro dele e a chama da serpente, ou seja, é preciso que ele tenha se tornado um filosofo real, possua os valores que lhe permitam penetrar conscientemente o Mundo ardente (Hod) onde lhe será permitido uma provisão de mulheres, porém está falando do conúbio entre o sábio (o Perfeito Iniciado) e uma Salamandra e não de mulheres terrenas, daí que proíba que gaste sua natureza. O deserto é compreendido por Malkuth, Hod e Netzach, reflexão das Sephiroth Tiphareth, Geburah e Chesed. Para compreender bem o que estou falando seria bom que lesse o livro O CONDE DE GABALIS, que infelizmente só existe em idioma espanhol. Não deixe de acessar também,ainda no meu Blog, a LENDA DE SÃO CRISTÓVÃO, onde falo com maiores detalhes sobre os caminhos 32,31,30,29,28, 27, 26 e 25.

      Meu abraço!
      Panyatara

      Excluir
  13. Muito obrigado pela aula, agora vou fazer o dever de casa. Acabei de ler o post "A Lenda de São Cristóvão". Vou procurar o livro "O CONDE DE GABALIS".
    Continuado êxito!
    Henrique.

    ResponderExcluir
  14. Prezado Henrique.
    O livro corrigido já está em PDF para baixar. Se você salvar no seu computador vá até a página 220 e clique na seta do quadrado e aparecerá a animação cóccix/baphomet. Verá que minha assertiva em relação ao Baphomet é correta. Mantenha sempre seus comentários.
    Meu abraço.
    Panyatara

    ResponderExcluir
  15. Saudações, caro Jaur Miranda. Parabéns pelas suas obras.
    Estou muito afim de ler seu livro: O livro da Lei para o povo suplicante. mas não consigo baixa-lo. tentei no chome e baixei o pdf novamente. como me cansa a vista, a tela do pc, poderia por gentileza enviar para meu email. Particularmente ouvi muito bem sobre sua obra - rodrigopitarello@hotmail.com
    muito grato!!!!

    ResponderExcluir
  16. ei, meu irmão, já acheio no 4shared. abração

    ResponderExcluir
  17. Rodrigo,

    Quando você clicar no link do livro ele dá uma opção para baixar em pdf, mas que bom que você conseguiu achar no 4shared.

    O nosso amigo Jayr Miranda, está trabalhando (traduzindo) um livro do ano de 1630 bastante interessante, rico em ensinamentos ocultos, tema focado nos Seres Elementais, vale a pena aguardar mais uma novidade no Blog do Panyatara.

    Meu abraço carinhoso,

    Adriana Calheiros

    ResponderExcluir
  18. Olá Prof. Jayr, achei essa página e os arquivos interessantes e fico feliz em encontrá-lo aqui. Tenho muitas saudades da FRA e das aulas de sábado. Forte abraço, em LVX.

    ResponderExcluir
  19. Olá Paulo:
    Para mim é um prazer muito grande "reencontrá-lo", pois já passaram alguns anos sem noticias suas. Como vai? Está no Rio?
    Meu Blog pretende ser um repositório de ensinamentos importantes para os buscadores da verdade e, como o considero um deles, adianto que ainda vem coisa muito importante por aí.
    Não dou mais aulas na Fra, mas mantenho com um grupo uma reunião em minha casa. Terei muito prazer em rever meu amigo Libriano.
    Meu abraço
    Jayr Miranda

    ResponderExcluir
  20. Eu vou bem e estou no Rio. Bem o blog é muito interessante e, é claro, aguardo tudo que vier dele. Jayr, o prazer em reencontrá-lo será todo meu!
    Grande abraço
    Tarso

    ResponderExcluir
  21. Caro frater anonimo, acredito que o mestre Therion gostava de chocar, e o que escreveu sobre a "maldicao" do comentario, na minha opiniao, e pra afastar os profanos, nao iniciados nos misterios que jamais vao entender o que esta velado ali e com certeza profanariam a mensagem. Ele mesmo comentou o livro da Lei apos te-lo escrito. Varios outros comentaram. Se fosse pra levar ao pe da letra, ninguem poderia ter a copia do livro, e uma vez lido, nao poderia ser lido novamente pela pessoa em questao e jamais Ordem alguma poderia fazer comentarios, nem mesmo pessoas de graus mais avancados visto que estaria entrando em contradicao com a Propria de Lei do Novo Eon que preza a liberdade de todos, e nesse caso uns teriam liberdade (por estarem em graus mais elevados na Ordem) e outros nao. Sendo esses ultimos, seguidores, escravos (queira entender que e somente minha opiniao, nao se sinta ofendido). Ao ler e reler varias vezes o lindo, enigmatico e profundo "Liber al Vel Legis", comentar com amigos e refletir sobre sua mensagem, ao inves de me tornar um foco de pestilencia, me senti cada vez mais abencoado e apurado nas verdades espirituais para essa Nova Era. Assim, acredito que a maldicao sobre essa questao, foi na verdade, ja uma ordalia para os profanos, que se afastaram e se afastarao do que nao podem compreender e lidar de maneira digna e sagrada. Aceito criticas sinceras. P.P. - 93.

    ResponderExcluir
  22. Mestre Panyatara, "O Livro da Lei Para o Povo Suplicante" foi o melhor comentario e estudo que ja li sobre o "Liber al Vel Legis". O incrivel, e que pertenco a uma amada Fraternidade que e Thelemita..., e jamais tomei conhecimento sobre esse seu livro por la. Ao contrario, tive problema com uma pessoa mais antiga que eu, que afirmava que Fraternidade repudiava o mestre Therion (percebi que ele repudiava e nao a Fraternidade que tanto amo) e que eu desrespeitava a mesma e o mestre fundador desta augusta Fraternidade, por afirmar o que afirmava (que tivemos influencia de mestre Therion), mesmo eu tentando provar a essa pessoa, que o nosso Mestre fundador, dedicou um dos livros que escreveu, ao mestre Therion e o considerou um dos maiores iniciados que conheceu, alem de ter uma foto do mestre Therion em "nosso meio" ( que ele afirmava que quem pos a foto la nao sabia o que estava fazendo). Muitos irmaos sabem sobre essa influencia e "compreendem" o belo Livro da Lei, outros nao sabem, porem essa pessoa foi a unica que negou tal influencia e criou um cavalo de batalha comigo (talvez por eu ser mais novo na Irmandade, vai saber...). Bem, o que desejo e que esse frater, possa ler esse comentario e que humildemente reconheca seu erro (para o seu bem e se achar necessario) e aprecie o belo "Liber Al vel Legis" ou que pelo menos nao negue o que e evidente. Nao negue o que e fato historico, pois contra fatos nao ha argumentos. Indico o "Livro da Lei Para o Povo Suplicante" a todos os irmaos de nossa amada Fraternidade que ainda nao o conhece ( sei de caso de pessoas que apos descobrirem a influencia de Crowley em nosso meio, se debandaram apavorados. Por isso acredito que todos deveriam saber, para nao terem nenhuma surpresa e abandonarem a Irmandade logo no inicio, os que nao convem ficar, devido suas ordalias ) para que possam perceber as verdadeiras perolas que estao contidas no Liber Al vel Legis e cooperem com os novos que estao chegando, que "descobriram" tal influencia, visto hoje nao ter nada mais oculto. Por isso a necessidade de se envolver com sabedoria e buscar compreender em vez de negar, complicar e atrasar a caminhada. O conhecimento e orientacao para o bom entendimento da mensagem do Livro da Lei que esta neste Grande Guia que e "O Livro da Lei Para o Povo Suplicante", com certeza ajudara as pessoas que estao chegando e que sentem sintonia para com a Fraternidade, e se sentem meio que descontentes com esse fato por ouvirem dizer muitas coisas negativas de A. Crowley, confundindo a pessoa com sua obra (que nao deixou de demonstrar muitas virtudes tambem), (creio que esses que nao se afastam logo de inicio, tem condicao de "entenderem" tal fato historico de nossa Fraternidade e estudarem o Livro, pois nao estao permitindo que suas ordalias o derrotem, no entanto, se for negado tal influencia por um ignorante do assunto etc, a mentalidade podera engana-lo? Nao sei! Mais estudar e preciso.)E tambem indico para todos os buscadores da Luz. Nao se deixem levar pelo preconceito e ignorancia dos fatos. Saibam que o proprio livro de Apocalipse, na Biblia, foi negado pelos cristaos a principio, tanto os antigos, como pela ICAR , como pelos protestantes que por nao conheceram a chave para o seu entendimento, o ignoraram e o criticaram como "aberracao" a principio, e hoje e um livro deuterocanonico e amado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado irmão Jessé Bispo:
      Há mais de um ano recebi seus comentários e comungo "ipsis literis" seus argumentos tanto em relação ao Liber Al vel Legis como em relação à Crowley sendo que sua obra tinha o propósito de criar uma nova forma de pensar sobre "as verdades assentadas" no mundo mental da humanidade, só que a maioria dos seres humanos não gosta de pensar diferente e permanecem na condição de escravos, como forma de alimento fácil e abrigo que preserva suas estruturas emocional e mental.
      Naturalmente meu livro foi escrito apenas para os "suplicantes" ou seja, para os "deslocados" dentro da própria OTO (fiz as duas primeiras iniciações lá), onde a "vontade de fazer sua própria vontade" estava completamente obscurecida pela necessidade de obedecer aos dirigentes como se eles pudessem oferecer um conhecimento que não possuíam. Crowley, em seu livro "MAGIA EM TEORIA E PRÁTICA", num dos trechos diz claramente: "Sou leão e não gosto de cordeiros atrás de mim" (ele era Libriano, com Ascendente em Leão Sou astrólogo e analisei o mapa do Crowley e posso dizer a você, com certeza, que também em sua encarnação passada ele tentou fundar uma organização ocultista com uma mensagem de cunho mundial, porém também suas idéias estavam além do tempo e o acervo de seu saber foi trazido para esta, onde também frustou-se com a qualidade dos "cordeiros" que o seguiam, incapazes de compreender que o LIBER AL VEL LEGIS só pode ser integralmente entendido através da linguagem dos símbolos que, de acordo com Patanjali é a linguagem dos sábios).
      Meu livro apenas tinha o objetivo de mostrar que existem muitas maneiras de ler o Livro da Lei e isto está limitado ao desenvolvimento intuitivo de cada um. Uma coisa consegui: uma grande parte de estudantes deixaram de ter "medo" do Liber Al vel Legis e, da mesma forma que você, que não precisaria do Livro da Lei para o Povo Suplicante para entender Crowley permitiu uma abertura e uma aproximação de sua obra, que acho que deve ser estudada e com seriedade e respeito.
      Lamento só agora responder você, que, pelo seus arrazoado inteligente e liberto me faz reconhecer uma pessoa com quem gostaria de ter conhecido pessoalmente e trocado idéias.
      De minha parte quero que saiba que passei a procurar "depois de muito estudo e as práticas preconizadas que nos levam ao interior" uma vida mais liberta e hoje compreendo e aceito as formas de pensar de meus semelhantes, mas aprendi que é preciso me libertar da mente e buscar a sabedoria que está dentro de mim.
      O que está mais próximo de um aprendizado efetivo encontrei na Alquimia, só que o homem e mulher que aparecem nas gravuras não são externas, pois trata-se das energias denominadas Ida e Píngala que precisam ser unidas na região sacra para que ocorra nossa iluminação, mas isto implica no conhecimento da ciência dos Tattwas internos e não nos externos e atitudes de nobreza de caráter para que estas energias não destruam nossos veículos. Para terminar um dístico que acho que o verdadeiro buscador deve ter sempre em mente:
      "Advirto-te, quem quer que sejas:
      -Tu que desejas sondar os Mistérios da Natureza.
      - Como esperas encontrar outras excelências, se ignoras
      as excelências de tua própria casa?
      - Em Ti, está oculto o tesouro dos tesouros.
      - Homem, Conhece-te a Ti mesmo e
      conhecerás o Universo e os Deuses."

      Excluir
    2. Maravilha e beleza sua sabedoria! Como sou grata por seus ensinamentos e pela oportunidade que nos oferece de não desistirmos da busca! Gratidão! Gratidão! Gratidão!
      Panyatara, seus ensinamentos são de grande valia, comungo e bebo essas pérolas!

      Excluir
  23. Boa noite sr.Jair ,não sei explicar o que aconteceu comigo por esses dias ,mas o fato é que estive ouvindo a narração do Livro das Lei e comecei á chorar muito,logo em seguida senti uma força muito grande que me fazia sentir-se confiante .Falam que Crowley sacrificou crianças e existem algumas passagens que parecem sugerir algo do tipo,o senhor poderia me solucionar essa questão?Devo afirmar que tudo deva ter um sentido filosófico ou espiritual,todavia gostaria de saber qual o seu parecer sobre isso,obrigado,namastê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luis Marcelo, tudo bem?
      Infelizmente nosso Instrutor Jayr Miranda (Panyatara) não está mais presente fisicamente conosco.
      Eu Adriana Calheiros vou continuar gerenciando as perguntas dos leitores referente ao Blog.
      Dentro do seu questionamento, pedi ao grande amigo do Jayr que é muito preparado nas questões dentro dessa área. O nome dele é Helvécio de Resende Urbano Júnior

      Resposta: Vou tentar lhe explicar o que ocorre com os textos de Crowley.

      Crowley era um magista e, portanto, um hermetista inveterado (contumaz); linguagem corriqueira no meio iniciático. Eis o motivo de muitos thelemitas não aprovarem a publicação de comentários dos “liberes” de Crowley. O insigne mago do Novo Æon (Æon de Hórus) escreveu seus textos em “Classes:” (A; B; C; D, etc.), muitas dessas classes pressupõe instruções necessárias, para o entendimento no sentido LITERAL (além da Literal, ainda temos a leitura Figurada e a Secreta), isto é, não se pode mesmo compreendê-los caso não tenha as “CHAVES” – e somente através das INICIAÇÕES é que se adquirem tais explicações e segredos, não revelados a priori aos profanos. Mas, só para se ter uma ideia e exemplificar, em termos concretos, a dúvida do leitor sobre a questão do sacrifício de crianças: trata-se de “PENSAMENTOS” é sacrificar pensamentos, não deixá-los a deriva, devem mesmo ser sacrificados através da Verdadeira Vontade. Em suma: a maioria dos Textos de Crowley estão Sob Figura e demandam Iniciações para penetrá-los.

      Obs: A Ordo Templi Orientis = http://otobr.com/
      Está radicada no RJ e aceita candidatos, que tenham, logicamente, perfil, para o Caminho Thelêmico.

      Excluir